Como a alimentação durante a gestação influencia o desenvolvimento do bebê? - PiMed

Matérias

Gostei

Como a alimentação durante a gestação influencia o desenvolvimento do bebê?

Pesquisas mostram que a nutrição da mãe durante a gravidez influência no risco de a criança desenvolver obesidade

Hoje eu irei tratar de um assunto muito importante para as futuras mamães: a alimentação durante a gravidez. Pesquisas já mostraram que nutrição da mãe durante a gestação impacta diretamente no risco de a criança desenvolver obesidade no futuro. Isso porque, a dieta da gestante pode alterar uma função do DNA da criança. O processo, chamado “Epigenetic Chance” (Mudança Epigenética), faz com que a pessoa tenha uma facilidade maior de ganhar gordura durante a sua vida.

Dessa forma, podemos concluir que a tendência à obesidade pode não ser apenas uma combinação de genes com o estilo de vida. Ela também é influenciada pelo desenvolvimento do bebê dentro do útero, o que inclui a alimentação da mãe durante o período.

As alterações no DNA ocorrem sem alterar a sequência real que herdamos de nossos pais, mas impactam na forma como um indivíduo responde a fatores como dieta ou exercícios. Então, fica aqui o apelo, uma medida para evitar a obesidade infantil precisa ser focada também em melhorar a nutrição da mãe durante o desenvolvimento de seu bebê dentro do útero.

E o que não pode faltar no prato de uma gestante?

É importante que as refeições comtemplem todos os grupos alimentares. Isso inclui ingerir vegetais (folhosos e legumes), frutas, carne bovina, frango, fígado, ovos e peixes (sardinha, salmão, atum, pescada, cavalinha), leguminosos (feijão, grão de bico, lentilha, ervilha), cereais (arroz integral, batata, milho, entre outros) e azeites (de preferência extra virgem). Porém, o procedimento inicial para ajustar o cardápio é conversar com o seu médico, pois qualquer orientação nutricional dependerá de uma avaliação geral de sua saúde.

Aproveito a oportunidade para descontruir um mito. É muito comum pensarmos que a gestante deve comer por dois, afinal tem um ser se desenvolvendo e crescendo dentro do seu corpo. Mas não é bem assim! A mulher quando grávida deve se alimentar bem, mas com qualidade e sem exagerar na quantidade.

É indispensável também manter hábitos saudáveis, como evitar bebidas alcoólicas e praticar atividade física sob orientação de um profissional.

Fique com Deus!

Autor(es):
Dr. Juliano Pimentel

 

ÚltimasMatérias